Retrospectiva de processos em relação a Activision Blizzard e os motivos dela não está no Game Awards

Retrospectiva de processos em relação a Activision Blizzard e os motivos dela não está no Game Awards

A edição desse ano dos Game Awards decidiu não ter a Activision Blizzard neste ano por contas das alegações de assédio na empresa. Aqui temos alguns dos acontecimentos relacionados a essa situação. No dia 20 de julho de 2021 o Governo da Califórnia, abriu um processo contra a Activision Blizzard, como resultado de uma longa investigação que começou em 2018, com acusações de assédio sexual e moral, em sua maioria as vítimas eram mulheres, mas também ouve casos de homens que vinham sendo assediados sexualmente.


Com as informações do processo sendo reveladas, houve uma reação quase que imediata do público, diversos youtubers, streamers entre outros pararam de cobrir sobres os jogos da empresa. Muitos jogadores do WoW (World of Warcraft), como já tinham a mensalidade paga, fizeram seus próprios protestos em jogo, ficando sentados durante horas no jogo, ou até mesmo matando NPCs que tinham nomes em homenagem a assediadores na empresa. Já no OW (Overwatch) um dos heróis, havia nome em homenagem a Jesse McCree, um dos acusados no processo. Na liga de Overwatch os apresentadores e narradores, pararam de chamar o herói pelo nome se referindo a ele apenas por cowboy. Posteriormente muitos desses Npcs de WoW tiveram seus nomes mudados ou removidos, enquanto o cowboy de Overwatch foi renomeado para Cole Cassidy.

Como noticiamos aqui esse acontecido na época, se quiser ler sobre o caso clique aqui.

Porem ainda existem diversas referências nos jogos da empresa em relação aos acusados, algo que a própria Activision Blizzard esta trabalhando para remover.

O público não foi o único a reagir às notícias do processo, vários funcionários da empresa tomaram posição contra o assédio na empresa. Mais de 2000 assinaram uma carta condenando a resposta da companhia as acusações. E muitos participaram de greves pedindo a renúncia do diretor-executivo (CEO).
Ao mesmo tempo, os funcionários tentam se sindicalizar para garantir seus direitos e segurança na empresa, em resposta a movimentação a Activision Blizzard contrata uma firma anti-sindicato. Durante o processo, no dia 21 de setembro, a diretora Jurídica da Blizzard Claire Hart se demitiu inesperadamente.
Activision Blizzard foi pega pelo governo da Califórnia, destruindo evidencia em relação a casos de abuso sexual. A ponto que o próprio governo teve que impedir que mais evidências fossem destruídas. A empresa acabou levando um segundo processo por quebra de leis trabalhistas, por tentar intimidar os funcionários.

Como resultado, Activison Blizzard perdeu patrocinadores tanto na liga de OW, quanto na liga de COD (Call of Duty). O próprio marketing do novo COD teve o nome da Activision misteriosamente absente.
Diversos funcionários, alguns em cargos de liderança, deixaram a empresa. Entre os nomeados no processo, o ex-diretor criativo Alex Afrasiabi já havia sido demitido em 2020, na época sem motivo aparente, enquanto o presidente da Blizzard J. Allen Brack renunciou. Ele foi substituído por Jen Oneal e Mike Ybarra.

Afrasiabi era infame na empresa por estar constantemente embriagado e por assediar rotineiramente mulheres, mas o que chamou mais atenção no processo teria sido a sua suíte na Blizzcon de 2013, apelidada de “Cosby Suite” em homenagem ao ator Bill Cosby, acusado na época de diversos casos de estupro. Na própria suíte havia fotos do ator. Alex supostamente praticou atos como perseguir, assediar e até mesmo bater em mulheres durante a BlizzCon de 2013, aos olhos de seus colegas de trabalho, e inclusive tendo que ser advertido por seus supervisores. Isso colaborado ao ambiente toxico e machista de uma fraternidade na “Cosby Suite” foi um dos motivos que ele foi nomeado especificamente no processo.

Jesse McCree, designer líder do Diablo 4, Luis Barriga diretor do Diablo 4, Jonathan LeCraft, designer da equipe de WoW, deixaram sem dar motivo aparente porem todos foram vistos em fotos na “cosby suíte” com o retrato de Cosby, assim como comentários feitos em um grupo chamado “BlizzCon Cosby Crew” pode ser um dos motivos. O vice-presidente da Blizz, Chacko Sonny também se demitiu, alegando precisar de um tempo, além de ser vice-presidente ele também era o produtor executivo de Overwatch 2 (Ow 2).

A Activ Blizzard diz ter demitido mais de 20 funcionários por conta das alegações, assim como disciplinou outros. Além de ter concordado em pagar 18 milhões de dólares, uma quantia que sindicatos consideraram centavos, por não considerarem suficiente para desestimular essa cultura. Já no quesito de jogos, a Blizzcon 2022 foi cancelada, e Ow 2 e Diablo 4 foram adiados para 2023, em parte por ambos os jogos terem uma perda de liderança.

Faz menos de um mês que inesperadamente, a co-fundadora e ex-chefe de estúdio da Vicarious Visions, Jen Oneal, se demitiu do seu mais recente cargo, que era co-líder (ou co-presidente) de toda a Blizzard Entertainment, cargo que a executiva assumiu ao lado de Mike Ybarra (ex-vice-presidente do Xbox). Se demitindo a pouco tempo da Blizzard, Oneal também comenta que seu salário era muito inferior ao de Mike Ybarra “apenas por ser mulher”, além de afirmar ter sido vítima de assédio na empresa.

Uma ativista da Activision Blizard, e ex funcionaria Jessica Gonzalez, revelou diversas acusações sobre as péssimas condições que mulheres que estavam amamentando passavam, desde cadeiras que balançavam para trás fazendo que as mães tivessem que bombear o leite sentadas no chão, falta de lugar para guardar as bombas, condições nada sanitárias, ao fato que as geladeiras onde o leite era guardado precisou de cadeado por conta dos roubos de leite, e os cadeados não trancavam direito e os funcionários armazenavam cerveja. Veja um tweet de Jessica Gonzales abaixo:

A ex-produtora Stephanie Krutsick colabora as alegações, já tendo seu próprio leite roubado. Veja um tweet da mesma abaixo:

Com isso vemos uma empresa que já foi sinônimo de qualidade e arte no mundo dos games ruir, é triste o que vem acontecendo com a Activision Blizzard.

Share and Enjoy !

Shares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares
%d blogueiros gostam disto: