Comunicação em tempo real com qualquer ponto do espaço, como em Star Trek, pode se tornar realidade.

Comunicação em tempo real com qualquer ponto do espaço, como em Star Trek, pode se tornar realidade.

“Enterprise, para Terra!” Você sabe como os autores de Star Trek resolveram o problema das comunicações que deveriam ultrapassar e muito, a velocidade da luz para que a comunicação com o comando, na Terra, mesmo com a nave estando ha muitos anos-luz de distância? Se na vida real parece impossível, a criação de um espaço paralelo chamado de “sobespaço” sem os limites de espaço/tempo, foi a licença poética para que o universo pudesse existir.

Já pensou falar com Marte em tempo real, sem aguardar os mais de 40 minutos de viagem entre uma mensagem e outra? É isso que a pesquisadora Haruna Katayama, da Universidade de Hiroshima, no Japão, propôs em seu novo experimento.

Katayama idealizou um equivalente de um buraco negro feito em laboratório, um circuito que opera em regime quântico empregando um laser para criar um análogo de buraco negro. “Nós criamos uma teoria de circuito quântico de laser usando um análogo de buraco negro e um buraco branco como ressonador,” disse Katayama.

A pesquisadora criar um buraco negro com uso de laser de alta energia, em laboratório e com isso, monitorar partículas entrelaçadas de uma radiação cuja existência foi idealizada por Stephen Hawking. A chave seria monitorar o estado quântico de partículas que transitam entre o buraco negro e o que ela chama de buraco branco (saída das partículas absorvidas pelos buracos negros).

A ideia seria entrelaçar partículas que podem alterar seus estados quânticos umas às outras, independentemente da distância em que estiverem. Com isso, a comunicação ocorreria de forma instantânea e sem latência, com qualquer lugar do universo.

Já imaginaram assistir imagens de Marte, em tempo real? Com isso, uma Internet interplanetária seria realmente viável.

Share and Enjoy !

Shares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares
%d blogueiros gostam disto: